Balsa afunda em Mianmar e deixa ao menos 32 mortos e dezenas de desaparecidos

Por Aung Hla Tun

YANGUN (Reuters) - Uma balsa afundou em um rio no noroeste de Mianmar, matando ao menos 32 pessoas e deixando diversos desaparecidos, disse nesta segunda-feira uma autoridade da equipe de resgate.

Cerca de 150 pessoas foram resgatadas do rio Chindwin na região de Sagaing após a balsa virar no sábado, disse o chefe do departamento regional de auxílio, Sa Willy Frank.

Até a tarde desta segunda-feira, no horário local, 32 corpos haviam sido recuperados, deixando mais de 60 pessoas ainda desaparecidas em meio à operação de resgate, disse.

Um parlamentar da região de Sagaing, Kyaw Htay Lwin, disse que o número de desaparecidos pode aumentar.

"Ouvi de testemunhas que a embarcação levava ao menos 300 passageiros, apesar da capacidade oficial de cerca de 120", disse.

Acidentes marítimos são comuns em Mianmar, onde muitas pessoas usam barcos lotados como meio de transporte.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos