Explosão em complexo da Basf na Alemanha deixa ao menos 2 mortos

FRANKFURT (Reuters) - Pelo menos duas pessoas morreram e seis ficaram gravemente feridas nesta segunda-feira, em uma explosão no maior complexo da fabricante de produtos químicos Basf na Alemanha, informou a empresa.

Duas pessoas ainda estão desaparecidas, disse a Basf.

A explosão ocorreu em uma linha de suprimento ligando um porto e um tanque de depósito na cidade de Ludwigshafen, segundo a Basf, a maior empresa química do mundo.

Um incêndio começou após explosão e colunas de fumaça se formaram por horas, levando a Basf e a cidade de Ludwigshafen a fazer um apelo para que moradores da região evitem sair e mantenham janelas e portas fechadas.

As avaliações feitas na área até agora não indicaram nenhum risco de fumos tóxicos, disse a Basf.

"Lamentamos profundamente que funcionários morreram e várias pessoas ficaram feridas. Nossa compaixão para as pessoas afetadas e suas famílias", declarou o chefe da instalação de Ludwigshafen, Uwe Liebelt, em um comunicado.

A empresa afirmou que não estava claro o que causou a explosão. A Basf também disse que não poderia informar o impacto financeiro que a explosão pode ter.

A instalação de Ludwigshafen, a cerca de 80 quilômetros de Frankfurt, é o maior complexo de produtos químico do mundo, cobrindo uma área de 10 quilômetros quadrados e empregando 39 mil pessoas, de acordo com a Basf.

(Reportagem de Jans Hack e Maria Sheahan)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos