Turquia diz que conquistou segurança na fronteira com a Síria com tomada de Dabiq

ANCARA (Reuters) - Rebeldes sírios apoiados pela Turquia assumiram o controle de nove áreas do Estado Islâmico no domingo, incluindo o vilarejo de Dabiq, garantindo em grande parte a segurança fronteiriça entre as cidades turcas de Kilis e Karkamis, informaram os militares do país nesta segunda-feira.

Controlar Dabiq eliminou a ameaça de foguetes disparados pelos jihadistas contra a Turquia, disseram as Forças Armadas turcas em um comunicado por escrito.

Segundo o comunicado, nas últimas 24 horas de confrontos, nove rebeldes apoiados por Ancara foram mortos e 24 ficaram feridos, enquanto "muitos" combatentes do Estado Islâmico foram mortos. A operação, chamada de "Escudo do Eufrates", foi lançada em agosto passado.

Os rebeldes sírios, auxiliados por tanques e aviões de guerra turcos, disseram ter ocupado Dabiq depois de combates na manhã de domingo, obrigando o Estado Islâmico a sair de um bastião onde o grupo havia prometido realizar uma batalha final e apocalíptica com o Ocidente.        

Ibrahim Kalin, porta-voz do presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, afirmou no domingo que a libertação de Dabiq foi uma "vitória estratégica e simbólica" sobre o Estado Islâmico, e disse à Reuters que é importante estrategicamente que as forças apoiadas pela Turquia continuem seu avanço sobre Al-Bab, outro bastião dos jihadistas.

         (Por Orhan Coskun)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos