Obama diz que comportamento da Rússia prejudica normas internacionais

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta terça-feira que o comportamento da Rússia tem debilitado normas internacionais e qualquer sugestão de que os EUA têm invadido os interesses russos está equivocada.

"Nós pensamos que a Rússia é um país grande, importante, com Forças Armadas que perdem apenas para nós e tem que ser uma parte da solução no cenário mundial, em vez de parte do problema", disse Obama em entrevista coletiva conjunta na Casa Branca com o primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi.

"Mas o seu comportamento tem prejudicado as normas internacionais", afirmou Obama, citando "a agressão russa na Ucrânia" e outras ações.

(Reportagem de Ayesha Rascoe, Jeff Mason e Roberta Rampton)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos