EUA prometem defesa completa contra ameaça norte-coreana

WASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos prometeram nesta quarta-feira fazer o que for necessário para defender a si próprio, a Coreia do Sul e outros aliados contra a ameaça, chamada de “grave”, representada pela Coreia do Norte, que realizou dois testes nucleares e uma série de lançamentos de mísseis neste ano.

O secretário de Defesa dos Estados Unidos, Ash Carter, declarou na abertura de uma reunião em Washington entre os ministros do Exterior e da Defesa norte-americanos e sul-coreanos que o compromisso dos EUA para fornecer “ampliada dissuasão, garantida pelo escopo total das capacidades de defesa dos EUA” era “inabalável”.

O termo “ampliada dissuasão” se refere ao guarda-chuva nuclear norte-americano que protege os aliados não nucleares Coreia do Sul e Japão no leste asiático.

“O aumento recente e drástico dos testes nucleares e dos lançamentos de mísseis balísticos nos lembra a ameaça grave que isso representa para a nossa segurança coletiva”, disse Carter à imprensa.

“Diante desses atos de provocação, nossa posição combinada de defesa precisa ser robusta, e nossa dissuasão precisa ser crível.”

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos