Polícia turca mata possível militante do Estado Islâmico em Ancara

ANCARA (Reuters) - A polícia turca matou a tiros durante a noite um possível militante do Estado Islâmico, que poderia estar planejando um ataque suicida em Ancara, disse o governador da cidade nesta quarta-feira.

O incidente foi o mais recente em uma série de operações policias antiterrorismo que coincidem com uma operação de rebeldes apoiados pela Turquia na Síria para afastar jihadistas da fronteira.

A polícia monitorou o suspeito até o nono andar de um prédio dos arredores de Ancara, onde ele foi morto durante troca de tiros por volta das 3h, no horário local, relatou a agência de notícias estatal Anadolu.

"O terrorista poderia estar planejando a realização de um ataque suicida a bomba e realizando reconhecimento nos arredores do antigo prédio do Parlamento e Anitkabir", disse o governador Ercan Topaca em publicação no Twitter, se referindo ao mausoléu do fundador da Turquia moderna, Mustafa Kemal Ataturk.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos