Resgate salva 301 migrantes de barcos e recupera cinco corpos no Mediterrâneo

ROMA (Reuters) - Cinco operações de resgate trouxeram 301 imigrantes que viajavam de barco à segurança e encontraram cinco mortos na região central do Mediterrâneo nesta quarta-feira, disse a guarda costeira italiana.

Um navio da marinha irlandesa recuperou os corpos dos cinco mortos de um bote de borracha, junto com 118 sobreviventes. O grupo humanitário Life Boat salvou 130 pessoas de outro bote de borracha.

Durante a noite, embarcações da guarda costeira italiana resgataram 18 pessoas de um barco de madeira perto da ilha de Pantelleria, no sul do país. Mais 11 migrantes foram resgatados perto da ilha não habitada de Lampione e outros 24 foram encontrados na costa da ilha de Lampedusa na manhã desta quarta-feira.

A rota pela região central do Mediterrâneo entre o norte da África e a Itália é a fronteira mais mortal do mundo para imigrantes. Mais de 3.100 desapareceram ou morreram neste ano ao tentar usar a rota para chegar de barco à Europa, estima a Organização Internacional para as Migrações.

(Por Isla Binnie) 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos