Ofensiva em Mosul tem avanço mais rápido que o esperado, diz premiê iraquiano

Por John Irish e Marine Pennetier

PARIS (Reuters) - O primeiro-ministro do Iraque, Haider al-Abadi, disse nesta quinta-feira que a ofensiva para retomar Mosul do Estado Islâmico avança mais rapidamente do que o planejado, à medida que forças iraquianas e curdas lançaram uma nova operação para ocupar vilarejos ao redor da cidade.

Ministros das relações exteriores e diplomatas seniores de diversos países do Ocidente e Oriente Médio se encontravam em Paris para discutir como restaurar a paz e a estabilidade em Mosul após a expulsão do Estado Islâmico de seu bastião no Iraque.

Falando de Bagdá em videoconferência, Abadi disse que todos os esforços foram feitos para criar corredores humanos para civis que deixam a segunda maior cidade do Iraque, onde cerca de 1,5 milhão de pessoas ainda vivem.

"As forças estão avançando na cidade mais rapidamente do que pensamos e mais rapidamente do que programamos no nosso plano de campanha", disse Abadi.

O Iraque e forças curdas informaram na terça-feira que liberaram 20 vilarejos nos arredores de Mosul, maior cidade sob controle do Estado Islâmico, que dominou amplas faixas do Iraque e Síria em 2014.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos