Trump diz que aceitará resultado "claro" de eleição nos EUA e tem direito de contestar

DELAWARE (Reuters) - O candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta quinta-feira que aceitará um resultado "claro" da eleição, mas reserva-se o direito de apresentar uma contestação jurídica, esclarecendo sua posição um dia depois que ele se recusou a prometer que confiaria no resultado se perder a disputa em 8 de novembro.

"Claro, eu aceitaria um resultado eleitoral claro, mas também gostaria de reservar o meu direito de contestar ou apresentar uma ação legal no caso de um resultado questionável", disse Trump em um comício em Ohio.

Perguntado na quarta-feira no último debate com a democrata Hillary Clinton se aceitaria um resultado de derrota, Trump disse que "manteria o suspense".

(Reportagem de Emily Stephenson)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos