Aeroporto de Londres é declarado seguro após "incidente químico"

LONDRES (Reuters) - O aeroporto de Londres foi declarado seguro nesta sexta-feira após centenas de passageiros terem sido removidos e dois encaminhados a um hospital com dificuldades respiratórias em um incidente que a polícia suspeita ter sido causado por gás lacrimogêneo.

O aeroporto foi fechado brevemente com a polícia e bombeiros usando equipamentos protetores varrendo o prédio do terminal com detectores químicos após várias pessoas passarem mal, algumas delas tossindo violentamente.

"Foram conduzidas duas varreduras completas no aeroporto por policiais e bombeiros em conjunto", disse a brigada de incêndio. "Não foram encontradas leituras elevadas e o prédio foi ventilado, vistoriado e declarado seguro".

Mais tarde, a polícia disse que o incidente pode ter sido causado por gás lacrimogêneo, usado para defesa pessoal e controle de multidões.

"Uma busca no aeroporto levou à descoberta do que acredita-se ser gás lacrimogêneo ou spray. Embora a causa do incidente não tenha sido confirmada, as autoridades estão investigando se foi o resultado de uma descarga acidental desta lata", disse a polícia em comunicado.

Os médicos atenderam no aeroporto 27 pessoas que estavam com dificuldades para respirar e duas foram levadas ao hospital.

(Por Stephen Addison)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos