Dubladores de videogames dos EUA entram em greve

(Reuters) - Atores que dublam personagens de videogames entraram em greve nos Estados Unidos nesta sexta-feira por salários e a recusa dos empregadores em lhes dizer em quais jogos trabalharão com antecedência.

A greve afeta 11 produtoras, incluindo Electronic Arts, Activision e a Take-Two Interactive Software.

Os atores são representados pelo Sindicato dos Atores - Federação Americana de Artes de Televisão e Rádio (Sag-aftra, na sigla em inglês), que disse que estão negociando um termo para novos contratos há quase dois anos.

Os dubladores têm exigido um bônus baseado nas vendas dos jogos além de seu pagamento.

A greve afeta jogos que começaram a seu produzidos após 17 de fevereiro de 2015.

O sindicato representa cerca de 160 mil artistas de televisão, jornalistas e personalidades de rádio e afirmou que haverá um protesto diante do estúdio da EA em Los Angeles, na segunda-feira.

(Por Aishwarya Venugopal)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos