Reino Unido acusa Rússia de piorar situação na Síria

GENEBRA (Reuters) - O Reino Unido procurou constranger a Rússia nesta sexta-feira por seus ataques aéreos mortais na cidade síria de Aleppo, durante sessão especial do Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) convocada por Londres para criar um inquérito especial sobre as violações.

"Rússia, você está piorando a situação, não resolvendo ela", disse o ministro do governo britânico para África e Oriente Médio, Tobias Ellwood, em discurso no fórum em Genebra.

"Isto é vergonhoso e não é a ação ou liderança que esperamos de uma nação P5", disse, se referindo aos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU, formado por Reino Unido, China, França, Rússia e Estados Unidos.

A delegação russa está programada para falar posteriormente no debate.

(Reportagem de Stephanie Nebehay)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos