Turquia e Iraque chegam "em princípio" a acordo sobre Mosul, dizem EUA

Por Phil Stewart

ANCARA (Reuters) - A Turquia e o Iraque chegaram em princípio a um acordo que pode levar a uma participação turca na campanha para retomar Mosul do Estado Islâmico, disse o secretário de Defesa dos Estados Unidos, Ashton Carter, nesta sexta-feira depois de conversar com o presidente turco, Tayyip Erdogan.

Erdogan havia expressado frustração por seu país, que é membro da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), não estar mais envolvido no ataque apoiado pelos EUA na cidade iraquiana, outrora parte do Império Otomano e ainda vista por Ancara como firmemente dentro de sua esfera de influência.

O Iraque, entretanto, vê as manobras dos militares turcos em seu território com apreensão, e qualquer pacto relativo a Mosul iria amenizar uma grande fonte de tensão entre os vizinhos.

Carter deixou claro que os detalhes sobre um papel em potencial para a Turquia na campanha em curso em Mosul ainda precisam ser delineados, e uma autoridade de alto escalão da Defesa dos EUA observou que a assistência não-militar também é uma possibilidade.

"Isso obviamente terá que ser algo com que o governo iraquiano terá que concordar, e acho que em princípio existe um acordo nisso", disse Carter aos repórteres que viajavam em sua companhia à Turquia, explicitando seu próprio apoio condicional a qualquer tipo de atuação turca no Iraque.

"Mas agora estamos tratando o lado prático disso... e é nisso que estamos embrenhados".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos