Polícia chinesa detém uma pessoa por espalhar rumores de protesto trabalhista

PEQUIM (Reuters) - A polícia na cidade chinesa de Wuhan afirmou ter detido uma pessoa por espalhar rumores no que um jornal estatal informou ser um vídeo supostamente mostrando um protesto envolvendo trabalhadores da Wuhan Iron & Steel (Wugang).

A polícia no distrito de Qingshan, em Wuhan, informou que uma pessoa, de sobrenome Rong, foi colocada sob detenção administrativa na sexta-feira por cinco dias, por supostamente espalhar rumores sobre a siderúrgica.

A polícia de Qingshan postou neste domingo a informação no Weibo, serviço de micro blog.

O site do jornal oficial China Youth Daily também reportou neste domingo que uma pessoa que havia postado um vídeo supostamente mostrando trabalhadores demitidos de Wuang em um protesto massivo havia sido detida.

Uma autoridade de propaganda do Grupo Wuhan Steel caracterizou o vídeo, que foi filmado à noite e mostrando uma multidão, como rumor, segundo a matéria do jornal.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos