Projeto une agricultores e startups em Mato Grosso em busca de soluções de baixo custo

SÃO PAULO (Reuters) - Entidades ligadas à agropecuária de Mato Grosso vão lançar esta semana um projeto para colocar em contato produtores rurais e empresas em fase inicial de implantação para criarem tecnologias que solucionem problemas do dia a dia das fazendas, em busca de alternativas para fugir de produtos caros oferecidos por grandes corporações.

"Não podemos mais ficar reféns da tecnologia das grandes empresas", disse nesta terça-feira o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Rui Prado, em um encontro com jornalistas em São Paulo.

A ideia é conseguir que as chamadas "startups" desenvolvam e consigam testar na prática soluções para problemas do cotidiano dos produtores, como monitorar e melhorar o desempenho das máquinas, uma previsão do tempo precisa para cada fazenda ou o roubo de defensivos agrícolas.

Segundo ele, pacotes tecnológicos oferecidos por grandes companhias muitas vezes são complexos e caros. Outras vezes, não há nenhuma empresa buscando desenvolver soluções para determinados problemas.

"Queremos uma tecnologia que tenha o nosso DNA", disse o Prado.

O objetivo do AgriHub, nome do projeto apresentado pela Famato, será colocar em contato startups e produtores que estão dispostos a testar as novas tecnologias.

Num primeiro momento, foram selecionadas algumas dezenas de produtores --com um histórico de apoio a pesquisas e entusiastas de novas tecnologias-- e de startups, que vão entrar em contato para trocar ideias sobre novos produtos.

Só quando as ideias evoluírem para soluções prontas e testadas deverão chegar ao mercado e ser oferecidas ao universo de produtores rurais de Mato Grosso, que passa de 100 mil.

Todos os novos produtos serão avaliados em termos práticos: se são capazes de reduzir custos de produção, aumentar a produtividade, facilitar o escoamento e a comercialização ou simplificar o financiamento agrícola.

O Estado é o maior produtor de grãos e possui o maior rebanho bovino do país. Mato Grosso é responsável por quase 10 por cento de toda a produção de soja do planeta.

(Por Gustavo Bonato)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos