Verstappen ameaça cortar rádio de comunicação após comentário no GP dos EUA

Por Alan Baldwin

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O piloto da Red Bull Max Verstappen ameaçou cortar a comunicação por rádio após causar polêmica com seus comentários durante o Grande Prêmio dos Estados Unidos, no fim de semana passado.

O piloto holandês de 19 anos, favorito dos fãs por sua atitude forte e habilidade de ultrapassagem, disse à sua equipe da Fórmula 1 que não estava na corrida para terminar em quarto lugar quando recebeu pedido para preservar os pneus.

O comentário gerou críticas do consultor da Red Bull Helmut Marko, que disse que Verstappen precisa encontrar o equilíbrio entre paciência e agressividade.

"Acho que vou tirar meu botão do rádio", disse Verstappen a repórteres, com o rosto pintado como uma caveira para o "Dia dos Mortos", tradição mexicana, quando perguntado no México nesta quinta-feira sobre o incidente.

"Sem rádio para mim".

"Como piloto, sempre quero seguir em frente, sempre quero vencer", acrescentou.

Verstappen disse que toda vez que aperta o botão de rádio, seus comentários acabam sendo transmitidos mundialmente na TV ao vivo e podem parecer arrogantes.

"Mas isto é só o que vem à minha mente. Não estou lá para terminar em quarto, estou lá para vencer como piloto", disse.

"Mas no rádio parece que sou arrogante, que não estou escutando a equipe. Mas esta não é minha mensagem à equipe. Alguns fãs adoram isto, outros não. Acho que é melhor não falar nada, para que não tenhamos discussões".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos