Temer afirma que reunião sobre segurança foi em clima de "harmonia e responsabilidade"

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Michel Temer afirmou que a reunião sobre segurança pública realizada nesta sexta-feira foi inédita e correu "em clima de harmonia absoluta e responsabilidade".

O presidente foi questionado se a recente crise entre o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e a presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, e o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, havia influenciado o clima no encontro.

A declaração foi feita depois de quatro horas do encontro que reuniu os presidentes dos três Poderes. Além de Temer e ministros, estiveram presentes Cármen Lúcia, Renan e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

"Conseguimos reunir na discussão ampla ideias referentes à legislação, jurisdição e ação. Não pararemos na reunião de hoje", afirmou o presidente, acrescentando que serão feitos encontros de avaliação a cada três ou quatro meses.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos