Alexandre Kalil é eleito prefeito de Belo Horizonte e Aécio sofre nova derrota em casa

SÃO PAULO (Reuters) - Alexandre Kalil (PHS) foi eleito neste domingo prefeito de Belo Horizonte, vencendo o deputado estadual João Leite (PSDB) no segundo turno, em um resultado que é um novo revés para as pretensões do presidente do PSDB, senador Aécio Neves, de ser novamente candidato à Presidência da República em 2018.

Com 95,2 por cento das seções eleitorais apuradas na capital mineira, Kalil, ex-presidente do Atlético Mineiro, tinha 53,4 por cento dos votos válidos, enquanto Leite, ex-goleiro do Atlético, somava 46,6 por cento dos votos válidos.

O resultado é um duro golpe para as pretensões de Aécio ser novamente candidato ao Palácio do Planalto daqui a dois anos. A derrota de Leite, candidato que teve seu apoio, é uma nova derrota do senador em seu reduto eleitoral.

Como postulante à Presidência em 2014, ele foi derrotado pela petista Dilma Rousseff em Minas Gerais e seu candidato ao governo do Estado, Pimenta da Veiga, perdeu já no primeiro turno para o também petista Fernando Pimentel.

(Por Eduardo Simões)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos