Público poderá votar em reformulada premiação da Fifa de melhor jogador do mundo

ZURIQUE (Reuters) - A Fifa anunciou nesta segunda-feira que vai permitir que o público vote em uma versão reformulada de seu prêmio anual de melhor jogador do mundo.

A cerimônia realizada anualmente em Zurique, que até o ano passado era organizada em parceria com a France Football e levava o nome de Bola de Ouro, será renomeada para "Prêmios Melhores do Futebol da Fifa" após o rompimento da parceria com a revista francesa, informou a entidade responsável pelo futebol mundial.

Sob o novo sistema, metade dos votos virá de jogadores e técnicos das 211 seleções nacionais filiadas à Fifa e metade do público, que participará por meio de uma votação online, e de representantes da mídia selecionados.

"Esse evento será sobre futebol e seus participantes mais apaixonados: jogadores, técnicos e torcedores", disse o presidente da Fifa, Gianni Infantino. "É um evento novo com uma nova abordagem para comemorarmos o esporte que todos nós amamos."

Serão entregues oito prêmios no total, incluindo para melhor técnico, melhor jogadora e melhor técnico de futebol feminino, fair play e prêmio da torcida.

O prêmio de melhor jogador do mundo do ano passado, vencido por Lionel Messi à frente de Cristiano Ronaldo, contou com uma aparente votação tática dos jogadores.

Messi, votando como capitão da Argentina, escolheu seus companheiros de clube no Barcelona Luis Suárez, Neymar e Andres Iniesta, enquanto Ronaldo, votando como capitão de Portugal, escolheu seu companheiro de Real Madrid Karim Benzema, James Rodríguez e Gareth Bale.

(Por Brian Homewood)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos