Explosão em desmontagem de petroleiro deixa ao menos 12 mortos no Paquistão

Por Syed Raza Hassan

ISLAMABAD (Reuters) - Ao menos 12 trabalhadores paquistaneses foram mortos e mais de 50 ficaram feridos nesta terça-feira por uma explosão em um petroleiro localizado em uma instalação de desmontagem de navios, disseram autoridades de um sindicato, acrescentando que o saldo de mortes pode aumentar.

O líder de um sindicato de operários da instalação de desmontagem disse que uma grande explosão e um incêndio engolfaram a embarcação atracada em Gaddani, a 45 quilômetros a noroeste da cidade portuária de Karachi.

    "As coisas estão realmente ruins aqui", disse o presidente do sindicato, Basheer Mehmoodani, à Reuters por telefone.

    "Existe um número indefinido de trabalhadores que se acredita estarem presos no navio em chamas". Não ficou claro o que causou a detonação.

    Bombeiros foram enviados de Karachi, mas se mostraram ineficazes devido à dimensão do incêndio.

    Os operários de Gaddani muitas vezes trabalham em condições precárias e não contam com equipamentos básicos de proteção.

    A indústria de desmontagem de navios de Gaddani passou a ter dificuldades recentemente e hoje emprega cerca de 9 mil trabalhadores, menos do que nos anos de crescimento acelerado do final da última década.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos