Seleção de futebol feminino do Brasil terá mulher no comando pela 1ª vez

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Pela primeira vez na história, a seleção brasileira de futebol feminino vai ser comandada por uma mulher, anunciou nesta terça-feira a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que escolheu Emily Lima para assumir o cargo.

Ela vai substituir o técnico Osvaldo Alvarez, o Vadão, que comandou o time que ficou em quarto lugar nos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Emily, vice-campeã da Copa do Brasil treinando o São José-SP, será apresentada na próxima quinta-feira e em dezembro dirigirá o Brasil no Torneio Internacional de Manaus.

A CBF agradeceu ao técnico Vadão pelos serviços prestados à seleção feminina.

“A Diretoria da CBF agradece ao treinador Oswaldo Alvarez e a sua comissão técnica pelo trabalho e dedicação nestes dois anos e meio em prol do futebol feminino. Ao longo desse período, o treinador foi bicampeão do Torneio Internacional (2014 e 2015), conquistou a medalha de ouro pan-americana em Toronto 2015 e ficou entre as quatro melhores seleções dos Jogos Olímpicos Rio 2016”, disse a CBF em comunicado.

(Por Rodrigo Viga Gaier)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos