Vettel deve escapar de sanções após pedir desculpas para FIA

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) - O piloto da Ferrari Sebastian Vettel deve escapar de uma grande sanção após pedir desculpas ao diretor de corridas da Fórmula 1, Charlie Whiting, e à FIA pela atuação carregada de palavrões no Grande Prêmio do México.

Uma fonte da FIA disse à Reuters nesta terça-feira que o tetracampeão mundial não será intimado a se apresentar em tribunal do órgão, que realiza audiências de casos disciplinares que não são tratados pelos comissários da corrida.

O tribunal poderia impor qualquer coisa, até mesmo uma suspensão da corrida.

A fonte disse que a FIA irá deixar claro a Vettel, no entanto, que haverá uma resposta dura caso haja outro caso.

Parte de sua raiva tinha Whiting como alvo, após a direção da corrida não ordenar imediatamente que Max Verstappen, da Red Bull, deixasse Vettel ultrapassar, após o holandês ganhar vantagem ao ultrapassar os limites da pista, enquanto defendia a terceira posição.

As frases de Vettel foram transmitidas na TV mundialmente no domingo, com os palavrões censurados.

Vettel subiu para terceiro lugar após a corrida e apareceu no pódio, antes de ser rebaixado para quinto lugar por ação defensiva ilegal contra o companheiro de equipe de Verstappen, Daniel Ricciardo.

O chefe da Red Bull, Chirstian Horner, disse no domingo que esperava algum tipo de punição para Vettel.

"Em qualquer esporte, você não pode abusar do árbitro", disse.

As frases de Vettel foram transmitidas na TV mundialmente no domingo, com os palavrões censurados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos