Japão irá oferecer U$7,73 bilhões em ajuda a Mianmar, diz premiê Abe

TÓQUIO (Reuters) - O Japão irá oferecer uma ajuda equivalente a 7,73 bilhões de dólares a Mianmar ao longo de cinco anos, disse o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, nesta quarta-feira.

Abe fez o anúncio em uma coletiva de imprensa conjunta com a líder de Mianmar, Aung San Suu Kyi, em Tóquio.

Suu Kyi está visitando o Japão em busca de investimentos e auxílio, mediante um surto de violência contra uma minoria muçulmana perseguida que desencadeou uma crise interna meros seis meses depois de ter assumido o poder.

Soldados foram enviados a uma área do noroeste do Estado de Rakhine para reprimir muçulmanos rohingya na esteira de uma série de ataques cometidos por um grupo insurgente que o governo acredita ter laços com islâmicos do exterior.

Moradores e ativistas de direitos humanos disseram que as forças do governo cometeram abusos, incluindo execuções sumárias, estupros e incêndios de residências.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos