Rebeldes sírios recusam pedido russo para saírem de Aleppo

BEIRUTE (Reuters) - Rebeldes sírios rejeitaram nesta quarta-feira as demandas russas para se retirarem de Aleppo até a noite de sexta-feira, disse um integrante de uma facção insurgente.

"Isso está completamente fora de questão, não vamos desistir da cidade de Aleppo para os russos e não nos renderemos", disse Zakaria Malahifji, do grupo rebelde Fastaqim.

O Ministério da Defesa da Rússia disse que os rebeldes e os civis teriam permissão para deixar a parte oriental de Aleppo, e anunciou que estenderia uma moratória aos ataques aéreos dentro da cidade.

No entanto, Malahifji disse que não havia corredores de saída seguros, como a Rússia havia declarado.

"Não é verdade, os civis e os combatentes não estão saindo, os civis têm medo do regime, eles não confiam nisso, e os combatentes não estão se rendendo", disse ele.

(Reportagem de John Davison)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos