Tesla é obrigada a pagar US$1,7 bi para a Panasonic por células em fábrica em Nevada

SÃO PAULO (Reuters) - A Tesla Motors tinha a obrigação de pagar um total de cerca de 1,7 bilhão de dólares à japonesa Panasonic desde 30 de setembro por células de bateria de veículos elétricos feitas pela fábrica gigante da Tesla em Nevada, disse a montadora em comunicado a órgãos regulatórios.

A Panasonic, o antigo parceiro de bateria da Tesla, concordou em 2014 em investir em equipamentos, máquinas e outras ferramentas de fabricação na planta, que fará células de íon de lítio cilíndricas para os carros de Tesla.

A Tesla disse que espera começar a fazer baterias na planta de 5 bilhões de dólares até o final do ano.

As baterias serão usadas inicialmente nos produtos energéticos de Tesla e mais tarde em seus carros.

A Tesla também disse na quarta-feira que estava sujeira a cerca 608 milhões de dólares de custos para sua planta a partir de 30 de setembro.

A empresa disse em agosto que esperava gastar cerca de 520 milhões de dólares na construção da planta em todo o ano de 2016.

(Ankit Ajmera, em Bangalore, Índia)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos