Acidente com trem expresso do Paquistão deixa ao menos 20 mortos

ISLAMABAD (Reuters) - Um trem de longa distância bateu em vagões parados na cidade portuária paquistanesa de Karachi nesta quinta-feira, matando ao menos 20 pessoas, disseram funcionários de um hospital, no segundo grande acidente ferroviário no país em menos de dois meses.

Imagens de televisão mostraram vagões danificados e descarrilados, e a mídia local disse que equipes de resgate estavam trabalhando para tentar retirar pessoas presas nos escombros.

O tráfego de trens entre Karachi, a segunda maior cidade do Paquistão, e o restante do país foi suspenso devido ao acidente ocorrido perto da estação de Landhi, de acordo com canais de televisão.

A colisão deixou 65 pessoas feridas, segundo Seemin Jamali, chefe do departamento de emergências do principal hospital de Karachi.

O ministro das Ferrovias, Khwaja Saad Rafique, sugeriu que a negligência pode ser uma possível causa para o acidente, uma vez que o maquinista pode ter ignorado uma sinalização de parar.

Em setembro, ao menos quatro pessoas morreram e 93 ficaram feridas quando um trem expresso bateu em um trem de carga perto da cidade de Multan, na província de Punjab.

(Reportagem de Syed Raza Hassan)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos