Lenovo tem lucro no 2º tri apoiado em venda de ativo

HONG KONG (Reuters) - A chinesa Lenovo, maior fabricante de computadores pessoais do mundo em vendas, retornou ao lucro no segundo trimestre fiscal, em um resultado que superou estimativas de analistas e que foi apoiado em ganhos com a venda de ativo.

A Lenovo tem participação global de 21,3 por cento no mercado de PCs mundial, mas a sua dianteira em relação a HP encolheu ao menor nível desde que a companhia assumiu a liderança do mercado em 2013, segundo dados da empresa de pesquisa IDC.

"No curto prazo, as condições continuam desafiadoras", disse o presidente-executivo, Yang Yuanqing, em comunicado à bolsa de Hong Kong. A Lenovo pretende manter a liderança da indústria de PCs por meio de consolidação enquanto avança sua base de dispositivos móveis e centrais de processamento de dados, disse o executivo.

O lucro foi de 157 milhões de dólares para os três meses encerrados em 30 de setembro ante prejuízo de 714 milhões no mesmo período do ano passado, quando a empresa teve custos de reestruturação e de integração da Motorola.

O resultado foi apoiado por ganho de 206 milhões de dólares com a venda de ativo.

A receita caiu 8 por cento, para 11,2 bilhões de dólares.

(Por Sijia Jiang)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos