Djokovic perde em Paris e Murray fica a uma vitória de se tornar No. 1

PARIS (Reuters) - Novak Djokovic foi eliminado do Masters de Paris em dois sets por Marin Cilic nesta sexta-feira, abrindo caminho para Andy Murray acabar com o reinado de dois anos do sérvio como número um do mundo.

Djokovic, que buscava um quinto título em Paris, foi derrotado pela primeira vez em 15 partidas pelo especialista em saque Cilic, por 6-4 e 7-6 (2).

A derrota significa que Murray, que bateu o tcheco Tomas Berdych por 7-6 (9) e 7-5, precisa apenas ganhar a sua semifinal contra o francês Jo-Wilfried Tsonga ou o canadense Milos Raonic para ser o líder do ranking mundial, posição ocupada pelo sérvio desde julho de 2014.

"Ele definitivamente jogou melhor hoje e mereceu a vitória. Eu não estava no nível que eu poderia", disse Djokovic.

"Eu estava em uma boa posição para levar a partida para o terceiro set, mas cometi duas duplas faltas. Nos momentos importantes, eu não consegui responder."

Questionado sobre Murray substituí-lo como número um, Djokovic disse: "Ele é definitivamente um jogador que merece isso. Ver como ele elevou o seu nível nos últimos 12 meses é bastante extraordinário."

(Reportagem de Tony Jimenez)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos