EUA veem diálogo na Venezuela como "última e melhor" chance para resolver crise

WASHINGTON (Reuters) - Um diálogo entre governo e oposição da Venezuela mediado pelo Vaticano é a última e melhor chance de encontrar uma solução pacífica para acabar com a crise política do país, disse o subsecretário norte-americano de Estado para Assuntos Políticos, Tom Shannon, nesta sexta-feira.

"Do nosso ponto de vista, (o diálogo) é realmente o último melhor esforço para tentar encontrar uma solução negociada e pacífica para isso", afirmou ele.

"Sem este processo de diálogo, a Venezuela vai ficar em um estado em que tanto o governo como a oposição terão que medir-se através de sua capacidade de colocar as pessoas nas ruas ... Sem um processo de negociação, a mobilização é imprevisível e pode ser muito perigosa."

Shannon viajou para Caracas em 31 de outubro, um dia depois que os líderes do governo e da oposição se reuniram para uma primeira rodada de negociações, em uma demonstração de apoio ao diálogo.

Os adversários do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, o acusam de criar uma ditadura, ao bloquear um referendo sobre seu governo e passar por cima do Poder Legislativo, que passou a ser controlado pela oposição após uma eleição no ano passado.

A oposição insiste que o governo permita um referendo revogatório do governo impopular de Maduro, liberte dezenas de ativistas da oposição presos e respeite as decisões do Congresso.

"É um processo frágil, mas muito importante, e é um esforço de boa fé para encontrar uma maneira pacífica para o impasse político que paralisou a Venezuela", disse Shannon.

"É digno de nosso apoio e digno do apoio da comunidade internacional, e vamos continuar a fazê-lo, enquanto ele permanecer viável", acrescentou Shannon, que nos últimos anos tem trabalhado para aliviar as tensões entre Caracas e Washington.

(Reportagem de Arshad Mohammed e Lesley Wroughton)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos