Mercados chineses sobem pela 4ª semana com sinais de estabilidade econômica

XANGAI/TÓQUIO (Reuters) - Os mercados chineses recuaram nesta sexta-feira, mas registraram a quarta semana consecutiva de alta uma vez que os sinais de que a economia do país está se estabilizando compensaram as preocupações com o resultado das eleições norte-americanas.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 0,33 por cento e o índice de Xangai teve perdas de 0,12 por cento.

Na semana, o CSI300 avançou 0,4 por cento, enquanto o SSEC subiu 0,7 por cento, ambos em alta pela quarta semana seguida.

Os investidores chineses encontram conforto nos recentes dados da indústria e de serviços e agora voltam sua atenção para uma série de novos dados econômicos nas próximas semanas, amplamente esperados para reforçar a visão de que a segunda maior economia do mundo está se estabilizando.

O restante da região também recuou, em uma semana marcada pela crescente incerteza sobre a eleição presidencial norte-americana.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha queda de 0,38 por cento às 7:38, depois de atingir o nível mais baixo desde o início de agosto.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 1,34 por cento, a 16.905 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,18 por cento, a 22.642 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,12 por cento, a 3.125 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,33 por cento, a 3.353 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,09 por cento, a 1.982 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,01 por cento, a 9.068 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,47 por cento, a 2.788 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,86 por cento, a 5.180 pontos.

(Por Luoyan Liu e John Ruwitch)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos