Samsung fará recall de 2,8 milhões de máquinas de lavar roupa nos EUA

(Reuters) - A Samsung, que já se recupera da retirada global de seus smartphones Note 7, disse nesta sexta-feira que fará um recall de cerca de 2,8 milhões de máquinas de lavar roupa de alta capacidade nos Estados Unidos, após relatos de ferimentos.

A parte superior das máquinas de lavar pode desprender-se inesperadamente do chassi durante o uso, representando um risco de lesões por impacto, disse a Comissão de Segurança de Produtos de Consumo dos EUA.

A empresa da Coreia do Sul recebeu nove denúncias de ferimentos, incluindo uma mandíbula quebrada, um ombro ferido e outros ferimentos relacionados à queda, disse a agência.

A Samsung recebeu 733 relatórios de vibração excessiva nas máquinas de lavar roupa ou de destacamento superior do chassi.

O recall envolve 34 modelos de máquinas de lavar de alta carga feitas entre março de 2011 e novembro de 2016.

O topo das máquinas de lavar afetadas pode se separar quando um ciclo de rotação de alta velocidade é usado para lavar roupa de cama, itens resistentes à água ou volumosos, disse a Samsung.

A empresa também foi processada por alguns clientes norte-americanos, que alegaram que suas máquinas "explodem durante o uso normal".

(Reportagem de Ankit Ajmera)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos