Touré pede desculpas ao Manchester City por desentendimentos

(Reuters) - O meia Yaya Touré pediu desculpas ao Manchester United pelo "mal-entendido" que resultou no seu afastamento do time do técnico Pep Guardiola.

Guardiola se recusou a escalar o jogador de 33 anos até receber um pedido de desculpas do empresário de Touré, Dimitri Seluk, que criticou a decisão do técnico de deixar Touré fora da equipe do City para a Liga dos Campeões.

"Gostaria de pedir desculpas, em meu nome e daqueles que me representam, à equipe técnica e a todos aqueles que trabalham no clube por mal-entendidos do passado", disse Touré, quatro vezes eleito o melhor jogador africano do mundo, em comunicado nesta sexta-feira.

"Essas declarações não representam minhas visões sobre o clube ou as pessoas que trabalham aqui", disse. "Não tenho nada além de respeito pelo Manchester City e só desejo o melhor ao clube".

Touré era um dos principais nomes do meio de campo do City desde que saiu do Barcelona de Guardiola para o clube inglês, em 2010, mas só jogou uma vez nesta temporada.

(Reportagem de Simon Jennings)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos