Dezenas de milhares protestam na Coreia do Sul pedindo que a presidente renuncie

James Pearson

Da Reuters, em Seul

  • Kim Hong-Ji/Reuters

    Dezenas de milhares de pessoas realizam comício em Seul pedido à presidente da Coreia do Sul, Park Geun-hye, que renuncie devido a um escândalo de tráfico de influência

    Dezenas de milhares de pessoas realizam comício em Seul pedido à presidente da Coreia do Sul, Park Geun-hye, que renuncie devido a um escândalo de tráfico de influência

Dezenas de milhares de pessoas protestaram na Coreia do Sul neste sábado, na região central de Seul, em uma das maiores manifestações na capital do país em anos, pedindo que a presidente Park Geun-hye renuncie ao cargo por conta de um escândalo de tráfico de influência.

Cerca de 43 mil pessoas foram à marcha cheia de velas mais cedo neste sábado, de acordo com a polícia. Organizadores disseram que uma multidão crescente de 100 mil se reuniram, fazendo do protesto um dos maiores desde as demonstrações em 2008 contra a importação de carne norte-americana.

Kim Hong-Ji/Reuters
Os cartazes dizem: "Demita-se, Park Geun-hye"

Park Geun-hye tem sido afetada por um escândalo envolvendo uma antiga amiga que alegadamente usou sua proximidade com a presidente para intrometer-se em assuntos de Estado. Park se comprometeu a cooperar com os promotores em uma investigação.

Os coreanos têm se revoltado com as revelações e dizem que Park, a última líder sul-coreana a ser enredada em um escândalo envolvendo familiares ou amigos, traiu a confiança do público e administrou mal seu governo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos