EUA dizem que ataque em outubro matou líder da Al Qaeda no Afeganistão

WASHINGTON (Reuters) - Um ataque militar dos Estados Unidos no Afeganistão no mês passado matou um dos líderes da Al Qaeda no país, disse o Pentágono na sexta-feira.

Faruq al-Qatani, que serviu como líder da Al Qaeda no nordeste do Afeganistão e tinha sido designado pela liderança do grupo para restabelecer os refúgios no país, foi morto no ataque de 23 de outubro em Kunar, disse o porta-voz do Pentágono, Peter Cook, em um comunicado.

Ele disse que o Pentágono ainda estava avaliando o resultado de um ataque separado no mesmo dia, visando outro líder da Al-Qaeda no Afeganistão, Bilal al-Utabi.

(Reportagem de Eric Beech)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos