Parlamento deve aceitar que voto Brexit foi legítimo, diz premiê britânica

LONDRES (Reuters) - O Parlamento deve aceitar que o voto do Reino Unido para deixar a União Europeia foi legítimo e deixar que o governo siga com o processo integral da Brexit, disse a primeiro-ministra britânica, Theresa May, neste domingo.

May disse que está confiante de que vai derrubar uma decisão do tribunal britânico de que o governo precisa de aprovação parlamentar para iniciar o processo de deixar a UE.

A decisão provocou raiva entre os eurocépticos ardentes que temem que os legisladores que apoiaram a permanência no bloco tentarão diluir os termos da saída do Reino Unido.

Mas, escrevendo no jornal Sunday Telegraph, May sinalizou que ela iria resistir a tais tentativas.

(Reportagem de Kylie MacLellan e William James)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos