Segurança empurra Trump do palco após manifestante exibir placa

RENO/PHILADELPHIA, Estados Unidos (Reuters) - O republicano Donald Trump foi levado às pressas por agentes de segurança em um comício em Reno, Nevada, na noite de sábado, depois de um alarme falso, quando alguém na multidão gritou "arma" durante briga com um homem que levantou uma placa na qual estava escrito "Republicanos contra Trump".

O incidente ocorreu enquanto Trump e Hillary Clinton, rival democrata, atravessavam os Estados Unidos em um movimento de última hora para conquistar eleitores indecisos e garantir o entusiasmo dos os apoiadores no dia das eleições.

Dois agentes de segurança seguraram Trump pelos ombros e o empurraram nos bastidores, enquanto policiais foram para cima do homem na multidão, o seguraram e o revistaram, antes de escoltá-lo com as mãos atrás das costas.

Trump, aparentemente imperturbável, voltou ao palco e continuou seu discurso depois de um curto período de tempo, afirmando "ninguém disse que ia ser fácil para nós" e acrescentando que "nunca seremos parados".

Depois de ser libertado, o homem disse à afiliada da KMCN-2 da CBS News Reno que ele era um apoiador republicano que participou da manifestação para expressar sua oposição a Trump.

"Eu vim aqui com esta placa esperando vaias ... Mas era apenas uma placa", disse Austyn Crites.

(Reportagem de Emily Stephenson e Amanda Becker)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos