Chuvas volumosas nas próximas duas semanas devem ajudar plantio de soja no Brasil

SÃO PAULO (Reuters) - Chuvas deverão se espalhar pelo Brasil ao longo desta semana e da próxima, beneficiando o avanço do plantio de soja da safra 2016/17, inclusive em regiões onde o tempo seco vinha prejudicando o desenvolvimento das lavouras, disseram meteorologistas nesta segunda-feira.

"Até a quarta-feira, a chuva prosseguirá sobre o sul e oeste do Brasil com acumulado superior aos 50 milímetros no centro e oeste do Paraná e entre o norte de Mato Grosso e sul do Pará. Na segunda metade da semana, o avanço de uma frente fria pela costa do Brasil guiará as instabilidades tropicais até o centro e norte do país", disse a Somar Meteorologia em relatório.

Na próxima semana, a chuva forte prossegue sobre o centro e norte do Brasil, destacou a Somar.

"Com a previsão de chuvas, mesmo que na forma de pancadas, o plantio da soja e das demais culturas de verão irá prosseguir em todas as regiões do Brasil não só nesta segunda-feira, mas ao longo de toda a semana", disse o agrometeorologista Marco Antônio dos Santos, da Rural Clima.

Segundo ele, a semana será marcada por chuvas mais generalizadas até mesmo sobre a região do Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e oeste da Bahia), onde o tempo seco e extremamente quente tem afetado o desenvolvimento de lavouras de soja que foram semeadas ao longo do mês de outubro.

Para Mato Grosso, principal produtor de grãos do país, por exemplo, o serviço Agricultura Weather Dashboard, da Thomson Reuters, aponta chuvas diárias pelo menos até 22 de novembro, com acumulado médio de 133,8 milímetros nos próximos 15 dias.

"Neste ano teremos uma La Niña que, mesmo fraca, deve favorecer às chuvas no centro-norte do Brasil e não vai provocar seca no Sul. Além disso, o Atlântico está bem mais favorável do que nos últimos anos", disse o meteorologista Alexandre Nascimento, da Climatempo.

Segundo ele, durante a segunda quinzena deste mês haverá o deslocamento e a permanência de grande áreas de instabilidade sobre o centro-norte do Brasil, provocando chuva volumosa.

Neste cenário de tempo favorável, o plantio de soja da safra 2016/17 do Brasil avançou na semana passada para 53 por cento da área total prevista, ante 41 por cento na semana anterior e 47 por cento no mesmo período de 2015, disse nesta segunda-feira a consultoria AgRural.

"No Centro-Oeste, o avanço continua acelerado e reforça a expectativa de plantio dentro da janela ideal para o milho safrinha 2017, a partir do início de janeiro", destacou o relatório.

(Por Gustavo Bonato)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos