Dezoito Estados aderem a plano de concessão de saneamento do BNDES

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O BNDES anunciou nessa quarta-feira que 18 Estados querem aderir ao programa de concessão na área de saneamento para desenvolver parceiras com a iniciativa privada para a universalização de serviços água, coleta e tratamento de esgoto.

O grupo inclui Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Tocantins, Santa Catarina, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia e Sergipe. Eles envolvem 2.294 municípios, com população total de cerca de 90 milhões de habitantes.

"Não há modelo pré-definido, a meta é buscar universalização do serviços e as soluções serão de acordo com as peculiaridades regionais", disse a jornalistas o superintendente da área de desestatização do BNDES, Rodolfo Torres. "Pode ser concessão, subconcessão, PPPs ou privatização".

O banco também lançou nesta manhã um edital de pré-qualificação para habilitar consultores interessados em fazer estudos para estruturar projetos de saneamento.

(Por Rodrigo Viga Gaier)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos