Norte-americanos olham para Canadá e Nova Zelândia após vitória de Trump

TORONTO/WELLINGTON (Reuters) - O principal site de imigração do Canadá continuou fora do ar nesta quarta-feira e a Nova Zelândia divulgou um aumento de tráfego de norte-americanos em seu site para vistos de residência após a vitória de Donald Trump na eleição presidencial dos Estados Unidos.

Os norte-americanos frequentemente prometem deixar o país se seu candidato preferido não vencer a eleição, mas desta vez alguns estão, de fato, se preparando para fazer algo depois da vitória surpreendente na eleição de 8 de novembro.

Uma porta-voz do departamento de imigração do Canadá disse que o site caiu "como resultado do aumento significativo no volume de tráfego", durante os desdobramentos da eleição na noite de terça-feira.

Na Nova Zelândia, as autoridades de imigração disseram que o site New Zealand Now, que lida com vistos de estudo e residência, recebeu 1.593 registros de cidadãos norte-americanos desde 1º de novembro - 50 por cento a mais que um mês típico de registros em apenas sete dias.

Nas horas após a vitória de Trump, os norte-americanos estavam fazendo 10 vezes mais buscas para empregos no Canadá que a taxa das noites anteriores, disse o economista-chefe do site de empregos Indeed, Jed Kolko.

"É muito cedo para adivinhar quantos desses usuários farão uma mudança depois que o choque passar. Mas o salto nas buscas mostra que muitos norte-americanos ficaram surpresos pela vitória de Trump e estão pensando sobre suas opções em outros lugares", disse Kolko em declaração enviada por email.

(Por Jeffrey Hodgson e Charlotte Greenfield; reportagem adicional por Andrea Hopkins, Catherine Ngai)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos