Preços ao produtor na China sobem mais do que o esperado em outubro

PEQUIM (Reuters) - Os preços ao produtor na China subiram mais do que o esperado em outubro, com alta dos preços do carvão e de outras matérias-primas em meio a uma crise de oferta e da recuperação da economia.

Os preços ao consumidor também superaram as expectativas, acelerando para a máxima de seis meses, embora analistas digam que o espaço para novas altas é limitado.

Os preços ao produtor subiram 1,2 por cento ante o ano anterior, o ritmo mais rápido desde dezembro de 2011, depois de terem apresentado leve alta em setembro pela primeira vez em quase cinco anos, informou nesta quarta-feira a Agência Nacional de Estatísticas.

A leitura superou as previsões de um aumento de 0,8 por cento, com a alta liderada por preços mais elevados para as empresas envolvidas na produção e transformação de matérias-primas.

O índice de preços ao consumidor subiu 2,1 por cento em outubro ante ano anterior, em comparação com a alta de 1,9 por cento em setembro. Os analistas esperavam um ganho de 2,1 por cento. O resultado foi o mais forte desde abril.

(Por Elias Glenn)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos