Advogado do Google disse que Android incentiva, não atrapalha, a competição

BRUXELAS (Reuters) - O sistema operacional Android, do Google, aumenta a competição em vez de prejudicá-la, disse o advogado geral da empresa nesta quinta-feira, refutando acusações antitruste da União Europeia de que usa sua plataforma para sufocar rivais.

Os comentários do advogado geral Kent Walker num blog vieram uma semana após a empresa rejeitar outra acusação da UE de ter promovido injustamente seu serviço de compras e bloqueado os resultados de competidores no mecanismo de busca online.

O caso do Android poderia ser o mais prejudicial ao Google. O sistema operacional rendeu cerca de 31 bilhões de dólares em receita e 22 bilhões de dólares em lucros para o Google desde seu lançamento em 2008, disse um advogado da Oracle num tribunal nos Estados Unidos em janeiro.

Walker disse que a Comissão entendeu errado, ignorando a rivalidade feroz com a Apple, as necessidades dos desenvolvedores de aplicativos e os perigos de versões modificadas do Android.

"A resposta que apresentamos hoje mostra como o ecossistema do Android equilibra cuidadosamente os interesses de usuários, desenvolvedores, fabricantes de dispositivos e operadores de redes móveis. O Android não prejudicou a competição, ele a expandiu", disse ele.

O porta-voz da Comissão, Ricardo Cardoso, confirmou o recebimento da resposta do Google.

(Por Foo Yun Chee)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos