Ericsson reduz estimativas para mercado devido à fraca demanda por banda larga para dispositivos móveis

ESTOCOLMO (Reuters) - A companhia sueca Ericsson reduziu sua previsão de crescimento para o mercado global de equipamentos para redes móveis até 2018, com enfraquecimento da demanda pressionando as vendas.

A fabricante de equipamentos de telecomunicação, que está enfrentando dificuldades, disse nesta quinta-feira, antes de uma conferência com investidores em Nova York, que espera um crescimento médio anual de 1 a 3 por cento de 2016 a 2018 para áreas do mercado em que fornece produtos e serviços.

Em sua previsão de cenários de mercado divulgada um ano atrás, a Ericsson estimou crescimento total do mercado entre 2 por cento e 4 por cento anualmente no período de cinco anos entre 2014 e 2018.

A Ericsson está lidando com uma queda nos investimentos de empresas de telecomunicações, com a nova tecnologia 5G há anos de distância e competição acirrada com a chinesa Huawei e a finlandesa Nokia

"A tendência negativa do setor a partir do primeiro semestre de 2016, devido à fraca demanda para banda larga móvel, deve prevalecer no curto prazo", disse a companhia em comunicado.

A empresa disse nesta quinta-feira que seus resultados seriam pressionados por uma queda de 10 a 15 por cento no mercado global de infraestrutura para dispositivos móveis este ano e de 2 a 6 por cento em 2017.

(Por Olof Swahnberg)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos