Eleição de Trump traz lições para a Europa, diz membro do BCE

FRANKFURT (Reuters) - A eleição de Donald Trump é um grande evento com lições para a Europa, mas ainda é cedo demais para determinar se o Banco Central Europeu (BCE) precisa agir para atenuar a consequente volatilidade do mercado, afirmou o membro da Comissão Executiva do BCE, Benoit Coeure, a um jornal francês.

"Há uma lição para a Europa: em um mundo em que os choques estão aumentando, a Europa tem que manter o controle de seu destino", disse Coeure ao Le Progrès de Lyon desta sexta-feira.

"Para a Europa ser forte em termos de defesa e segurança, ela precisa ter uma economia forte. E para a economia ser forte, reformas são necessárias em cada país e a zona do euro tem que funcionar melhor."

Coeure acrescentou que a excessiva volatilidade do mercado tem que ser evitada mas que, por enquanto, a recuperação da zona do euro parece estar ganhando força.

(Reportagem de Balazs Koranyi)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos