Forças especiais do Iraque tomam bairro de Mosul em nova ofensiva

KOKJALI/BAGDÁ, Iraque (Reuters) - Forças especiais do Iraque disseram ter penetrado ainda mais em Mosul nesta sexta-feira, apesar da forte resistência de militantes do Estado Islâmico que estão usando civis como escudos humanos, e estar no domínio de meia dúzia de bairros da cidade tomados nos últimos 10 dias.

A unidade de elite Serviço de Contraterrorismo rompeu linhas de defesa do Estado Islâmico e entrou na localidade no início da semana passada, desde então se enredando em um combate homem a homem brutal que ainda contou com levas de homens-bomba e franco-atiradores. 

    As forças especiais são a ponta de lança de uma coalizão mais ampla de 100 mil combatentes que pretende derrotar alguns poucos milhares de jihadistas do Estado Islâmico que dominaram Mosul, a maior cidade de seu "califado" na fronteira com a Síria, nos últimos dois anos.

A campanha, que já dura quase quatro semanas, é a operação militar mais complexa no Iraque nos 13 anos de tumultos transcorridos desde a invasão norte-americana que derrubou Saddam Hussein.

    Forças de segurança e divisões de infantaria do Exército, apoiadas pela Força Aérea dos Estados Unidos, estão se preparando para se abater sobre bairros do sul e do norte de Mosul nos próximos dias para intensificar a pressão sobre os militantes.

    Combatentes curdos peshmerga e forças paramilitares xiitas estão mantendo territórios no nordeste e no oeste.

(Por Stephen Kalin e Saif Hameed)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos