Trump nomeia aliados e filhos para equipe de transição

WASHINGTON/NOVA YORK (Reuters) - O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, designou o vice-presidente eleito, Mike Pence, encarregado de uma equipe de transição da Casa Branca que também inclui três de seus filhos mais velhos, nesta sexta-feira, quando começou o trabalho de preencher cargos administrativos.

Segundo a campanha de Trump, Pence substitui o governador de Nova Jersey, Chris Christie, que permanece como vice-presidente do esforço de transição, num momento em que lida com as consequências de um escândalo que tem afetado sua posição política.

O anúncio ocorreu logo depois que os assessores de Trump se reuniram no edifício Trump Tower em Nova York para começar a avaliar candidatos para alguns das 4.000 vagas que ele terá que preencher logo após assumir o cargo, em 20 de janeiro de 2017.

Trump confiou em um círculo pequeno de aliados e membros da família durante uma difícil campanha presidencial. Essas pessoas continuarão a desempenhar um papel importante na transição, de acordo com o anúncio.

A filha de Trump, Ivanka, e os filhos Eric e Donald Jr., juntamente com o genro Jared Kushner, foram nomeados como membros da equipe de transição, embora tenham que supervisionar seu império de negócios. A empresa de Trump disse que o arranjo não violaria as leis de conflito de interesses.

(Por Steve Holland e Luciana Lopez)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos