Estado Islâmico reivindica autoria de ataque no Paquistão

QUETTA, Paquistão (Reuters) - O Estado islâmico assumiu a responsabilidade no sábado por um ataque a um santuário no sudoeste do Paquistão que matou pelo menos 43 pessoas.

A explosão no santuário de Shah Noorani ocorreu enquanto centenas de pessoas estavam dentro, disse o comissário do distrito local Hashim Ghalzai à Reuters.

O ministro do Interior da província, Sarfaraz Bugti, disse que 43 pessoas foram mortas e Ghalzai disse que mais de 100 ficaram feridas.

"Todos os dias, ao redor do pôr do sol, há um dhamaal (dança ritual) aqui, e há um grande número de pessoas que vêm para isso", disse Nawaz Ali, o guardião do santuário.

O santuário está localizado na província de Baluchistan cerca de 100 quilômetros ao norte da cidade portuária de Karachi.

(Gul Yousafzai)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos