Quatro crianças são feridas em possível ataque de militante em igreja da Indonésia

JACARTA (Reuters) - Autoridades da Indonésia prenderam neste domingo um militante suspeito que teria jogado um explosivo em uma igreja na ilha de Bornéu, ferindo quatro crianças.

A polícia da província de East Kalimantan disse que o agressor já havia sido foi preso por acusação de terrorismo no passado.

"Uma bomba suspeita de baixo foi atirada... Quatro crianças ficaram feridas e quatro motocicletas foram danificadas", disse o porta-voz da polícia local, acrescentando que a polícia busca relações com redes radicais.

O ataque ocorreu às 10:00 (horário local) no estacionamento da igreja Oikumene, na cidade de Samarinda.

A Indonésia tem visto uma série de ataques relacionados com o Estado Islâmico este ano, sendo que no maior deles foi um ataque a tiros e com bomba na capital Jacarta, que matou quatro pessoas.

Autoridades estão preocupadas com o ressurgimento do radicalismo e dizem que há centenas de simpatizantes do Estado Islâmico no país, que é a maior nação muçulmana do mundo.

(Por Agustinus Beo Da Costa)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos