Sánchez pode jogar pelo Chile apesar de preocupação com contusão, diz técnico

SANTIAGO (Reuters) - O atacante Alexis Sánchez foi declarado em condição de disputar a partida do Chile pelas eliminatórias da Copa do Mundo na terça-feira, apesar de representantes do Arsenal estarem preocupados de que ele poderia agravar uma contusão no tendão contra o Uruguai.

Sánchez, jogador-chave da seleção chilena campeã da Copa América, não jogou no 0 x 0 contra a Colômbia na semana passada depois de se contundir em um treinamento.  

O técnico do Arsenal, Arsene Wenger, desejava que a equipe médica do time inglês examinasse Sánchez antes que uma decisão fosse tomada sobre a sua condição física e alertou que escalá-lo para jogar na partida de terça poderia ser o que ele chamou de um risco “suicida”.

Contudo, na segunda-feira, o técnico do Chile, Juan Antonio Pizzi, afirmou que Sánchez estava pronto para jogar. “Ele tem treinado todos os dias e tem trabalhado de uma forma que permitiu a sua recuperação", disse.

"Ontem (domingo) ele fez o trabalho completo. Não há problema, e é por isso que ele está disponível”, declarou Pizzi à imprensa.   

“Eu nunca usaria um jogador que não tivesse a liberação médica”, garantiu.

(Reportagem de Felipe Iturrieta)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos