Academia do Nobel diz que Bob Dylan não irá comparecer à cerimônia de premiação

ESTOCOLMO (Reuters) - O cantor e compositor norte-americano Bob Dylan, que foi declarado ganhador do prêmio Nobel de Literatura no mês passado, decidiu não comparecer à cerimônia de premiação em Estocolmo, informou a Academia Sueca nesta quarta-feira.

Dylan, reconhecidamente avesso à mídia, anunciou há três semanas que aceitaria o prêmio de 8 milhões de coroas suecas (870.000 dólares), após diversas tentativas da organização responsável pela premiação de fazer contato com ele desde o anúncio da escolha em 13 de outubro.

A Academia informou em seu site oficial que recebeu uma carta de Dylan explicando que devido a "compromissos pré-existentes" ele não poderá viajar a Estocolmo em dezembro.

"Esperamos ansiosos pelo Discurso do Nobel de Bob Dylan, que ele precisa fazer --é a única exigência-- dentro de seis meses contando a partir de 10 de dezembro", disse a organização em comunicado, acrescentando que vai fornecer mais informações na próxima sexta-feira.

A apresentação precisa ser feita em Estocolmo. Quando a novelista britânica Doris Lessing foi coroada ganhadora do Nobel de Literatura em 2007 ela escreveu um discurso e enviou a seu editor na Suécia, que leu o texto em uma cerimônia na capital sueca.

Entre outros ganhadores do Nobel que não compareceram à cerimônia de premiação estão o britânico Harold Pinter e Elfriede Jelinek, da Áustria.

A cerimônia será realizada em 10 de dezembro.

(Reportagem de Helena Soderpalm)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos