Ações recuam com setor bancário e Bayer

MILÃO (Reuters) - As ações europeias caíram na quarta-feira, pressionadas por queda nas ações do setor bancário, enquanto o grupo químico alemão Bayer recuou após uma onerosa emissão de títulos.

O STOXX 600 teve baixa de 0,2 por cento. O índice caiu 7 por cento até agora neste ano, mas ganhou terreno desde a supreendente vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais nos Estados Unidos na semana passada. O índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 recuou 0,21 por cento.

Depois de atingir um recorde de oito meses, o índice bancário da Europa, recuou à medida que os lucros eram embolsados. O índice caiu 1,25 por cento e foi a maior perda na Europa, com o Banca Popolare di Milano e outros credores italianos liderando as vendas.

Os analistas esperam que os bancos italianos, já atingidos pelas preocupações com os níveis de capital e os empréstimos ruins, tenham desempenho pior se os italianos rejeitarem o plano de reforma constitucional do primeiro-ministro Matteo Renzi em um referendo em 4 de dezembro.

O índice do setor químico da Europa caiu 1,2 por cento, atingido por uma queda de 4,2 por cento na Bayer depois que a empresa emitiu 4 bilhões de euros em bônus para ajudar a financiar sua aquisição na Monsanto.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,63 por cento, a 6.749 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,66 por cento, a 10.663 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,78 por cento, a 4.501 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,73 por cento, a 16.559 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,56 por cento, a 8.638 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,21 por cento, a 4.395 pontos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos